Notícia

01 de Junho, 2018

Pesquisa Aponta que a Igreja é Confiável

Uma pesquisa da CNT/MDA (Confederação Nacional dos Transportes) divulgada esta semana mostrou a insatisfação dos brasileiros com a atuação dos Poderes Públicos e apresentou que a Igreja é a entidade mais confiável no Brasil.

A Pesquisa que mostra a Igreja como entidade confiável, aponta que o Poder Judiciário, junto com as Forças Armadas, antes com altos índices, despencaram na avaliação dos brasileiros. No universo dos pesquisados 55,7% desaprovam a atuação dos poderes públicos.

A Igreja é a instituição em que os brasileiros confiam, com preferência de 41,1%, em seguida as Forças Armadas com apoio de 16,2% e a Justiça com 8,6% de confiança. Na sequência vem a imprensa com apoio de 5%, seguida pela polícia com 4%. Já a classe política tem um índice menor ainda de credibilidade.

Padre Joaquim Parron, Missionário Redentorista, atual reitor do Santuário do Rocio, comenta que é lamentável as autoridades brasileiras perderem credibilidade junto ao povo. “Isso cria instabilidade e insegurança, pois até a Justiça também está caindo em descrédito. A Igreja tem assumido o papel de servidora do povo, buscando apoiar, de modo especial, as pessoas em situações vulneráveis”, afirma Padre Parron.

“Devido a sua atuação por justiça social e defesa dos trabalhadores, a Igreja mantém em toda a América Latina um alto índice de confiança”, é a opinião do Missionário Jorge Tarachuque, também do Santuário. “Mesmo sendo perseguida em muitos lugares, a Igreja é, de longe, a instituição mais confiável para os latino-americanos, em vários países tem acima de 60% de confiança”, ressalta Irmão Jorge.

Os religiosos acreditam na importância das instituições trabalharem com mais transparência e menos corrupção. “Precisam se aproximar do povo. Só com instituições fortes e confiáveis se alcança a harmonia social e se desenvolve o crescimento econômico e moral de uma nação” conclui Joaquim Parron. 


Pesquisa Aponta que a Igreja é Confiável