top of page

Após 50 anos, casal visita Santuário do Rocio mais uma vez

Atualizado: 22 de mai. de 2023



A fé e devoção a Nossa Senhora do Rocio é uma herança familiar que passa de geração para geração. O Santuário Estadual da Padroeira do Paraná está ligado a história de milhares de fiéis e romeiros, que buscam esse lugar sagrado para recordar momentos importantes da vida, agradecer por bênçãos alcançadas e pedir pela intercessão mariana da Mãe do Rocio.


No dia 19 de fevereiro o devoto Sérgio José Felício, de Curitiba, visitou o santuário após 50 anos. Com ele, estava a esposa Eleni Suchara que conheceu o a casa da Padroeira do Paraná pela primeira vez. "Eu estive aqui há 50 anos atrás, precisamente quando eu tinha sete anos, eu vinha muito aqui com a minha madrinha Léia. Eu só tinha a lembrança da igreja do Rocio e tinha vontade de trazer a minha esposa. Coincidentemente, próximo ao nosso aniversário de 30 anos de casamento, a gente resolveu vir para Paranaguá para lembrar daquele tempo. Tinha uma palmeira na frente e um lago, lembro nitidamente", disse Sérgio.


Na memória e no coração são diversos momentos guardados, principalmente, as lembranças da infância que remetem ao seio familiar. "É uma lembrança boa, minha madrinha sempre me incentivou e me trouxe desde criança na igreja. Eu acho fantástico ter essas lembranças", ressaltou o devoto.


Para Eleni, vir ao Santuário do Rocio pela primeira vez é especial. Ela descreveu que estar no Solo Sagrado do paranaenses é um sentimento bom, "eu sou católica praticante e sempre procuramos participar da igreja. Eu não poderia deixar de visitar o santuário em Paranaguá".


A consagração a Nossa Senhora do Rocio destaca que "com amor queremos propagar a vossa devoção" e é assim que os devotos da Mãe do Divino Orvalho mantém viva a fé e a história do Santuário do Rocio. Com isso, Sério destacou a importância de compartilhar a experiencia de visitar a igreja, "valeu muito a pena vir até aqui pela experiência e para contar para outras pessoas. Eu vinha com a minha madrinha, ela passou isso pra mim. Eu quero passar isso para outras pessoas que convivem comigo, principalmente para os meus amigos. Vale muito a pena".


Para finalizar, o casal desejou que todas as pessoas tenha a chance, bondade e gratidão no coração de vir ao Santuário do Rocio. "Se as pessoas não puderem vir todo dia, todo mês ou todo ano, que venham daqui 20 ou 30 anos, igual nós. É uma oportunidade gratificante", concluiu.



18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page