top of page

Ciclistas percorrem rodovia 277 inteira em devoção a Mãe do Rocio

Devotos de Francisco Beltrão atravessaram o Paraná pedalando e finalizaram percurso no Santuário do Rocio


A devoção a Nossa Senhora do Rocio é uma das mais antigas do Brasil e há mais de 400 anos, romeiros de todo o país buscam formas de expressar a fé na Padroeira do Paraná. Nessa semana, quatro devotos de Francisco Beltrão percorreram toda a extensão da BR-277 de bicicleta e conheceram o Santuário da Mãe do Divino Orvalho.


A peregrinação teve início no município de Foz do Iguaçu, região Oeste do estado, e percorreu todo o Paraná. Com o objetivo de atravessar o estado pedalando, os ciclistas escolheram o Santuário do Rocio para agradecer a conclusão do desafio.


Segundo os devotos Alceu Luiz Bacci e Jacir Walter, um dos organizadores da pedalada, o desafio de atravessar o Paraná de bicicleta MTB, ida e volta, foi programado com seis meses de antecedência e com muita preparação física.


Movidos pela fé, os ciclistas que compõe o "Grupo dos Bigodes" percorreram mais de 730 KM pedalando. "O dia mais dificil foi na segunda-feira, o dia todo de chuva, desde Foz do Iguaçu até Guaraniaçu. De lá pra cá foram diversas pancadas [de chuva] que aconteceram e a gente teve que estar preparado com capa para proteger o corpo e não pegar resfriado. E tem a dificuldade para descansar, requer um sacríficio maior porque a gente não consegue descansar o suficiente. Teve dias que fizemos 10 horas de pedal e dormimos tarde, para levantar cedo. A dificuldade maior é essa, menos tempo de descanso", contou Alceu Luiz.


Os atletas chegaram ao santuário nesta quinta-feira (23) após cinco dias de percurso. Em Paranguá, um grupo de ciclistas local realizou a recepção dos devotos.




179 visualizações0 comentário
bottom of page